Blog
Casal de idosos sentados no sofá da casa
Dicas

Casa ou apartamento para idosos: como adaptar para evitar acidentes

Muitos dizem que a terceira idade é a melhor fase da vida. Isso porque é um momento em que é possível investir mais tempo em si mesmo e, quem sabe, até se divertir com netos.

Mas para tudo isso trazer momentos de felicidade e realmente proporcionar a melhor fase da vida, é preciso ter segurança, e ela começa dentro de casa.

Como o corpo do idoso é mais frágil e sensível, é importantíssimo ter uma casa adaptada para melhorar a qualidade de vida dos mais velhos e deixar todos que estão próximos mais tranquilos.

Confira nossas dicas de como ajustar a casa ou apartamento visando o bem-estar e a comodidade dos mais velhos.

 

Adaptações para deixar a casa mais segura:

Primeiro, é preciso frisar que a casa ou apartamento ideal para os idosos, são as que atende às necessidades deles. As dicas a seguir ajudam na segurança e conforto dos mais velhos. Confira cada uma delas!

Portas largas

Por que ter portas com maior largura? Simples! Para que os idosos que usam bengala, andador ou cadeira de rodas passem com facilidade.

Sala vazia com porta e janelas largas

Com os idosos, é sempre importante priorizar espaços largos, como as portas

Pisos

O recomendado é que eles sejam antiderrapantes, por razões óbvias: diminuir as chances de ocorrer escorregões e quedas.

Janelas e cortinas

Iluminação e ventilação natural é importante para a terceira idade. A atenção aqui é no tipo de decoração, para que eles consigam abrir e fechar as próprias janelas sozinhos e sem esforço.

Já os raios de sol não podem ser muito intensos, pois prejudica a saúde . Cortinas ou até películas de vidro podem amenizar a incidência.

Rampa, corrimão, sinalizações e cadeira elevatória

Convenhamos, degraus são obstáculos para os mais velhos. Mas se a casa ou apartamento tiver, o ideal é colocar rampa antiderrapantes e instalar corrimão para amenizar a dificuldade de subida e descida. Também é interessante colocar no piso sinalizações de início e fim dos degraus.

Caso a pessoa use cadeira de rodas, a cadeira elevatória é um investimento necessário para as escadas.

E atenção: qualquer desnível pode ser um perigo. Então procure corrigir ou ajustar essas irregularidades.

Pisos, barras e cadeira higiênica no banheiro

O banheiro é um ambiente que precisa de atenção redobrada, já que é um local propenso a acontecer acidentes por conta do piso molhado.

Então, como adaptar o local? Com pisos antiderrapantes e barras de apoio, para ajudar na locomoção.

Também é necessário instalar barras ao lado do vaso sanitário para servir de apoio no levantar e sentar. Aliás, importante: o vaso precisa ter uma altura que o idoso use-o com facilidade.

E se a pessoa usa cadeira de rodas, a cadeira higiênica é a aposta ideal para o momento do banho.

Banheiro adaptado para idoso, com cadeira higiênica e barras de apoio

Uma opção para o box é ele ser aberto e sem porta, para facilitar a circulação

Iluminação

Quando idosos, nossos sentidos vão diminuindo. E com a visão não é diferente. Então, é importante ter uma iluminação que deixe os ambientes nítidos para caminhar com segurança.

Aqui, priorizar luz natural é uma boa solução, além de contar com lâmpadas fluorescentes e pontos de luz estratégicos, como abajures na cabeceira da cama.

Interruptores e sensores de iluminação

Facilidade e praticidade é o que precisa ditar toda a casa do idoso. Assim, é fundamental que os interruptores fiquem próximos de onde ele costuma ficar. Por exemplo: ao lado da cama, próximo à poltrona ou sofá.

Outra solução interessante é a utilização de sensores de iluminação. Com eles, a pessoa não precisa se deslocar para acender a luz.

Armários e prateleiras

Já que estamos falando de ter objetos com fácil acesso, os armários e prateleiras precisam estar ao alcance para conseguirem pegar o que for necessário sem dificuldade e, principalmente, sem subirem em escada ou algo do tipo.

Móveis com objetos do dia a dia

Para evitar acidentes, é necessário pensar nos mínimos detalhes. A dica aqui é ter móveis para guardar ou apoiar coisas do dia a dia, como medicamentos, controle remoto, água e carteira, por exemplo. Mesa de cabeceira e mesa ao lado do sofá são boas apostas.

Isso tudo pensando em diminuir a necessidade de deslocamento, logo, reduzir as chances de acidentes.

Móveis arredondados e fixados no chão

Outras duas dicas relacionadas a móveis são que eles sejam de cantos arredondados, para não se machucarem com a quina, e que alguns sejam fixados no chão, para os idosos se apoiarem com tranquilidade.

Sala espaçosa com mesa, cadeiras, mesa de centro, sofá vaso e outros moveis

Espaço é uma característica fundamental para os ambientes dos idosos

Cama, sofá, poltronas e bancos

Esses móveis precisam ser confortáveis na medida certa! A cama precisa ter uma altura suficiente para que os idosos fiquem com os pés firmes no chão quando sentados, facilitando o levantar. Uma solução é colocar calços nos pés da cama.

O colchão também precisa de atenção. Hoje em dia, há diversos modelos e tecnologias voltadas para os mais velhos.

Sofá e poltronas, além do mesmo cuidado com a firmeza dos pés quando sentado, é melhor evitar aqueles que “afundam”, pois isso também pode dificultar no levantar.

E sobre bancos, o segredo é: ter bancos com encostos confortáveis e altura ideal.

Decoração e ambiente espaçoso

Como falamos, a visão dos idosos é mais debilitada. Dessa forma, é imprescindível evitar tudo que possa ser um obstáculo e cause acidentes. Isso quer dizer que a decoração ideal é a minimalista? Não. Apenas ter cuidado aonde colocar móveis, vasos e demais itens decorativos. Importante: sempre priorize um ambiente espaçoso para circulação livre e sem preocupações extras.

Um item que precisa de atenção é o tapete. O ideal é não ter tapetes pela casa, pois pode ser muito perigoso, proporcionando quedas. Caso tenha esse objeto em casa, uma dica é colocar adesivos que façam grudá-lo no chão.

Quanto às cores, em geral, não há regras. O recomendado é apenas criar contrastes entre parede, móveis e piso, para deixar tudo o mais nítido possível aos idosos.

Área de lazer

É sugerido ter um local onde os idosos possam praticar atividades como tomar banho de sol ou até mesmo praticar exercícios físicos. Mas é claro: o local precisa levar em consideração todas as limitações físicas dos senhores e senhoras.

Idoso fazendo exercício na frente do notebook

Entre diversos benefícios, os exercícios físicos fortalecem músculos e ossos, ajuda as articulações e melhora coração e pulmões

Veja também no blog da MDL:

Continue lendo
Construir e reformar um imóvel não é tarefa simples. Há diversos itens,...
Leia mais
Quando moramos em um condomínio, somos parte de um todo. Ou seja,...
Leia mais
Sacada, varanda e terraço. Três espaços que têm suas semelhanças, mas são...
Leia mais